Pedro Nuno Santos

Ministro das Infraestruturas e da Habitação
bannermobile

Pedro Nuno Santos

Ministro das Infraestruturas e da Habitação

Portugal assumiu a Presidência do Conselho da UE a 1 de janeiro deste ano. Nesse mesmo dia   também se iniciou o Ano Europeu do Transporte Ferroviário. O Governo português e a Comissão Europeia saudaram esta coincidência e a oportunidade de unir esforços para promover a utilização da ferrovia tanto pelos cidadãos, como pelas empresas e contribuir para o objetivo do Pacto Ecológico Europeu de fazer da Europa o primeiro continente neutro em carbono até 2050.
 
A Presidência Portuguesa e o Ano Europeu do Transporte Ferroviário acontecem num momento particularmente difícil, sendo a pandemia COVID-19 e as suas consequências sociais e económicas um desafio sem precedentes para o sector dos transportes. Apesar do impacto da crise do COVID-19, com o número de passageiros diminuindo substancialmente devido às restrições de viagens, o setor tem mostrado resiliência e garantido o transporte atempado de bens essenciais. A Presidência Portuguesa vai dar prioridade a iniciativas que ajudem os passageiros, trabalhadores e empresas do sector a ultrapassar o impacto do COVID-19, e o Ano Europeu do Transporte ferroviário será uma oportunidade para realçar o papel do transporte ferroviário na recuperação sustentável da pandemia.
 
Neste contexto de circunstâncias excecionais, 2021 é essencial para a política ferroviária da UE, uma vez que representa o primeiro ano completo de implementação do Quarto Pacote Ferroviário. O pacote legislativo visa a criação de um Espaço Ferroviário Europeu totalmente integrado, eliminando os obstáculos institucionais, jurídicos e técnicos remanescentes a um mercado ferroviário europeu eficiente com uma mobilidade transfronteiras sem descontinuidades. 2021 é também o ano para se concentrar no reforço estrutural do sistema ferroviário da União e na contribuição do transporte ferroviário para uma economia da UE limpa, digital e inovadora.

Dr. Pedro Nuno Santos
2021 ANO EUROPEU
DO TRANSPORTE FERROVIÁRIO
O transporte ferroviário será promovido como um modo de transporte sustentável, inovador e seguro, através de eventos, campanhas e iniciativas em toda a União Europeia.
Sobre
Sobre
A viagem começa: 2021 é o Ano Europeu do Transporte Ferroviário! A iniciativa da Comissão Europeia irá promover o transporte ferroviário enquanto meio de transporte sustentável, inteligente e seguro, a fim de incentivar a sua utilização pelos cidadãos e pelas empresas e de contribuir para a consecução do objetivo do Pacto Ecológico da UE de neutralidade climática até 2050.

Vários eventos, campanhas e iniciativas ao longo de 2021 colocarão em destaque os benefícios do transporte ferroviário para as pessoas, a economia e o clima e os desafios que subsistem à criação de um verdadeiro espaço ferroviário europeu único sem fronteiras.
Mobilidade sustentável e segurança
O setor dos transportes representa 25% das emissões de gases com efeito de estufa da União Europeia, enquanto o transporte ferroviário é responsável por apenas 0,4% dessas emissões. O setor dos caminhos-de-ferro é, em grande parte, eletrificado, tendo sido o único modo de transporte a reduzir consideravelmente as suas emissões desde 1990. Este setor também pode desempenhar um papel significativo no âmbito do turismo sustentável.
Devido ao registo de um reduzido número de incidentes, o transporte ferroviário também é o modo mais seguro de transporte terrestre: apenas 0,1 mortes por mil milhões de passageiros/km são causadas por acidentes de comboio - contra 0,23 em acidentes de autocarro; 2,7 de carro e 38 por motas (dados de 2011 a 2015). Em 2018, o Parlamento aprovou novas medidas para reforçar os direitos dos passageiros ferroviários.
Os caminhos-de-ferro ligam zonas remotas, assegurando a conetividade interna e transfronteiriça das regiões europeias. No entanto, apenas 7% dos passageiros e 11% das mercadorias viajam de comboio. Infraestruturas obsoletas, modelos de negócio ultrapassados e elevados custos de manutenção são alguns dos obstáculos a ultrapassar para construir um espaço ferroviário europeu unificado.
O setor rodoviário efetua 75% do transporte terrestre de mercadorias: uma parte significativa deste transporte deveria ser transferida para o transporte ferroviário e para as vias navegáveis interiores, de modo a contribuir para a redução das emissões no setor ferroviário enquanto método de transporte mais sustentável. Para tal, são necessários investimentos substanciais e a implementação da Rede Transeuropeia de Transportes (RTE-T).
Porquê a Ferrovia?
Porque tem tudo! É diversa. E as vantagens do transporte ferroviário não são apenas para turistas e viajantes.

As empresas e transportadoras de carga podem mudar para a ferrovia e beneficiar de ofertas de baixo custo, cada vez mais competitivas, para transportar as suas mercadorias por toda a Europa - tudo isto enquanto reduz a sua pegada de carbono. É verde e sustentável. A ferrovia é amplamente eletrificada e emite muito menos CO2 do que viagens equivalentes por estrada ou ar. É responsável por apenas 0,4% das emissões de gases com efeito de estufa da UE, enquanto todos os transportes da UE são responsáveis ​​por 25% das emissões totais da UE. Além disso, é o único meio de transporte que, entre 1990-2017, reduziu de forma consistente as suas emissões e consumo de energia, usando cada vez mais fontes de energia renováveis.É acessível, confortável e segura. Esteja de férias ou numa viagem de negócios, pode contar com a ferrovia para chegar com segurança ao seu destino. É o meio de transporte terrestre mais seguro e com menor incidência de acidentes fatais. Faça do comboio o seu escritório móvel ou apenas aprecie a vista - e deixe as viagens "stressantes" para trás.

"Fazer com que os transportes sejam mais ecológicos, mais seguros e mais inteligentes: é de celebrar.
Apanhe a carruagem do #EUYearofRail para participar!"

"O futuro está nos carris.
Visite o nosso sítio Web para ver o futuro dos transportes, apanhe a carruagem e junte-se ao #EUYearofRail.
"

"Unir a Europa:
junte-se ao #EUYearofRail e explore tudo o que os caminhos de ferro fizeram pela nossa comunidade europeia.
"

"Os caminhos de ferro ligam a Europa. De comunidades locais às cadeias de abastecimento internacionais, o transporte ferroviário consegue unir-nos a todos.
Apanhe a carruagem do #EUYearofRail e participe.
"

"Todos os anos, mais de nove mil milhões de passageiros viajam de comboio na UE: seja um deles no #EUYearofRail."

"Os caminho de ferro são um dos meios mais sustentáveis de viajar e transportar mercadorias. É de celebrar.
Apanhe a carruagem do #EUYearofRail.
"

"Os caminhos de ferro reforçam as nossas empresas e ligam as nossas economias. É de celebrar.
Apanhe a carruagem do #EUYearofRail.
"

"Os caminhos de ferro transportam 7 % de todos os passageiros e 11 % de todas as mercadorias, mas são responsáveis por menos de 0,5 % das emissões de gases com efeito de estufa devidas aos transportes. #EUYearofRail"

"Os caminhos de ferro ligam a Europa: com mais de 200 000 km, a UE tem uma das redes ferroviárias mais densas do mundo."

Logos_EU
AVISOS LEGAIS | POLÍTICA DE PRIVACIDADE | POLÍTICA DE COOKIESENTIDADES 
© 2021 ANO EUROPEU DO TRANSPORTE FERROVIÁRIO